This Brazilian Tattoo Artist Specializes in Ugly Tattoos

Up until now, we thought that tattoo artists have to be extremely skilled in drawing – they are inking people’s bodies for the rest of their life, after all! However, art is changing and Brazilian tattoo artist Helena Fernandes has changed the way we think about tattoos.

Ever since she was a little girl, Fernandes loved to draw, but the fact is, she’s not particularly good at it. Three years ago, she did her first tattoo for her boyfriend, just for fun. At first, her friends got interested in her work and later this hobby turned into a business. Apparently, people liked her unique drawings.

“I think people like my style because of how cute and funny it is. But it’s a number of things. People don’t just like my designs, they also like my pictures, captions and stories on Instagram. Stories that explain my tattoos and help them relate to them. A tattoo is something very personal and I try to make the entire experience of getting it as nice as possible. I spend as much time on my customers as they need, we talk and develop ideas together.”

Now, Fernandes has her own tattoo shop in her native city of Salvador de Bahia. It’s called Malfeitona – in Portuguese, this means “badly done”.

Take a look at this girl’s work – is it really that bad?

View this post on Instagram

@huffpostbrasil e @cea_brasil chamaram pra participar do Todo Dia Delas, que celebra 365 mulheres BR <3 e eu fiquei aaaaaaa??? Foi top com @clarahellstab e @rayssafguedes e fotos com @juh_fotografia (fiquei bem ?oxe? ao saber que a fotógrafa era ela pq é minha miga, o que foi ótimo pq aí eu não fiquei morrendo de vergonha). Também foi agradável ficar com as roupas eheheh < @malfeitona usa C&A > Tô postando +de1 mês depois pq eu sou toda kssshhh~~~~ (barulho de gato arisco) com matérias. Elas são 1coisa muito armadilhosa pra mim que sou tímida e inexperiente. Por essas e outras que famosos tem assessoria de imprensa (na verdade eu não sou famosa e não conheço famosos e não sei como age a assessoria e to fazendo afirmações vãs). Até agora nenhuma tinha entrado assim em minha ~vida pessoal~, e sinto que estou //me expondo//. E como não dá pra entrar tudo eu fico com medo 1. das interpretações que seriam até justificadas 2. com as coisas que eram relevantes e eu deixei de falar e aí meu deus DO CÉU SOCORRO jamais lerei nenhum comentário ;-; Então já que finalmente decidi postar pra não ser UMA INGRATA, vou fazer uns aditivos curtos: 1. quando eu falo que eu não sei pq as pessoas tatuam comigo é um ~jeitinho~ de falar. Eu sei o porquê, até pq elas dizem (principalmente quem é de artes) e sou muito feliz com isso 2. ia pontuar outras coisas e explicar pq sou 1 grande justicaqueen @explicadona mas vou deixar pra fazer um vídeo quem sabe 1 #youtube não rola…….. pq atingi limite de caracteres ta difícil enxugar 3. Não tem nada num número 3 a não ser dizer que essa é a segunda vez que eu pontuo coisas nessa legenda / O link para entrevista estará nos comentários e também no twitter e também no stories, ou seja 1 monte de lugar [não vou colocar na bio pois eu tenho um site] E EU QUERIA DIZER que quando a #C&A postou foi logo depois de ter postado #brumar me senti perto deles adão e eva do Beasil / e que pessoas me viram naquelas televisões de elevador e me avisaram me senti famosíssima aahah #huffpost #huffpostbrasil #ceabrasil #c&abrasil

A post shared by Malfeitona (@malfeitona) on